Buda

cakka

Nobre nascido no reino de Sakya onde hoje localiza-se o Nepal. A sua missão inicia-se no ano 560 a C. aproximadamente. Seu principal discípulo foi Ananda.
A sua mensagem encontra-se registrada nos Pitakas.
Buda revela sua missão divina:

O monges, deveis se afastar de toda a negligencia, como aquele que se afasta dos salteadores. Eu ensino a lei, como médico que reconhece a doença e recomenda um remédio. O fato de um doente tomar ou deixar de tomar um remédio já não depende de um médico. Também sou como aquele que ensina um caminho as pessoas. Se houver pessoas que, embora ouvindo os ensinamentos, não seguem o caminho, a culpa não é daquele que o ensinou.
… Esforçai-vos para obter a libertação. Eliminai as trevas da ignorância com a luz da sabedoria… ( Butsuyvikyô – gyô)

Nas tradições budistas é reafirmada a unidade da religião:

Jamais penses ou digas que tua religião é a melhor.
Jamais menosprezes as religiões dos outros. ( Éditos de Asoka)

O Aparecimento de Maitreya Amitabha:

No devido tempo, monges, virá ao mundo o Exaltado chamado Maitreya, um arauto, levantar-se-á guiado por encanto e perfeição. Ele mesmo trilhará o caminho para um único fim, com a ciência dos mundos, como um Educador Perfeito, professor dos deuses dos homens, um Exaltado Buda, assim como neste momento Eu sou. De Sua própria sabedoria e compreensão, Ele proclamará a natureza deste Universo…, justamente como Eu proclamei de Meu próprio entendimento e compreensão. E Ele proclamará o ensinamento de que é adorável em sua origem, adorável em seu progresso e adorável em sua consumação; Ele proclamará essencialmente e explicitamente seu significado; a vida elevada Ele tornará conhecida em sua plenitude e pureza, assim como Eu faço agora. Ele será o líder e uma ordem de milhares de monges, enquanto, neste momento, Eu lidero apenas um ordem de centenas. (Digha-nikaya, IV p.208)
Sua Luz é imensurável, então não é fácil saber o limite de Seu grau…
Não há, ó Ananda, nenhum caso parecido, no qual a amplitude da luz deste Tathagata Amitabha possa ser compreendida (Sukhavati-Vyuha v.v. 12-13)

Então o Abençoado Ananda disse o seguinte para o Bhagavat: Quais são os nomes., ó Bhagavat, dos dois nobres Bodhisattvas?
O Bhagavat disse: Um deles, é o nobre Bodhisattva Avalokitesvara, e o segundo é Mahasthamaprapta…
E, ó Ananda, esses dois nascidos lá, a esquerda do país de Buda…
(Sukhavati-Vyuha v.v. 34-35)

As referências a Maitrya Amitabha, o 5º Buda ou o Buda da Confraternização Universal segundo RABBANI (1981) refere-se à manifestação de Bahá’u’lláh na Pérsia.
Todavia o Bodhisattva Avalokitesvara que apareceria junto à Maitrya Amitabha se refere a revelação do Báb.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

AZEVEDO, M. N. O Pensamento do Extremo Oriente, São Paulo: Pensamento, 1980
FOZDAR, J. Buddha Maitreya-Amitabha has Appeared, New Delhi: Bahá’í P. T.,1976.
RABBANÍ, Shoghi Effendi. Presença de Deus., trad. L.S. Armstrong & J. S. Oliveira, Rio de Janeiro: Ed. Bahá’í do Brasil, 1981.