“ Convivei com todas as religiões em amizade e concórdia para que se inale de vós a doce fragrância de Deus. Vigiai para que a chama da tola ignorância não vos domine quando entre os homens. Tudo procede de Deus e a Ele retorna. Ele é a origem de tudo e n’Ele todas as coisas findam.”

Bahá’u’lláh – Kitáb-i-Aqdas # 144 p.57

 

 D_closeupeagle_27

A águia detalhe do terraço do santuário do Báb no Monte Carmelo Haifa – Israel

_____________________________________________

O Sol da Verdade Nasce no Oriente

 

“No passado, como no presente, o Sol Espiritual da Verdade tem sempre resplandecido no horizonte oriental. Abraão apareceu no Oriente. No Oriente ergueu-se Moisés para instruir e guiar o povo. Do horizonte oriental surgiu o Senhor Cristo. Muhammad foi enviado a uma nação do Oriente. O Báb nasceu numa região oriental, a Pérsia. Bahá’u’lláh viveu e ensinou no Oriente. Todos os grandes Instrutores Espirituais nasceram no mundo oriental. Embora, entretanto, o Sol de Cristo tivesse despontado no Oriente, seu resplendor atingiu o Ocidente, onde a radiância de sua glória foi vista mais claramente. A divina luz do Seu Ensinamento brilhou com maior intensidade no mundo ocidental, onde fez mais progresso do que na terra de sua origem.”

(Palestras de Abdu’l-Bahá em Paris p. 09)
‘Abdu’l-Bahá (1844-1921) Centro do Convênio de Bahá’u’lláh

Unidade da Religião

“A quarta vela é a unidade da religião, sendo esta a pedra principal do próprio alicerce; através do poder de Deus será revelada em todo seu esplendor…”

“O que queremos dizer é isto: a religião de Deus é uma só e é o meio de educar a humanidade, mas, ainda assim, deve necessariamente ser renovada. Quando plantas uma árvore, sua altura aumenta dia a dia. Nela aparecem folhas e flores e deliciosos frutos. Contudo, depois de longo tempo a árvore envelhece e não há mais qualquer frutificação. Então o Lavrador da Verdade retira a semente dessa mesma árvore e planta-a em solo puro, e – eis! – lá está a primeira árvore, assim como era antes.”

(S. dos Escritos de ‘Abdu’l-Bahá cit. 23).
‘Abdu’l-Bahá (1844-1921) Centro do Convênio de Bahá’u’lláh

“Observa cuidadosamente que, neste mundo da existência, todas as coisas devem sempre ser renovadas. Olha para o mundo material ao redor: vê como ele foi agora renovado. Os pensamentos têm mudado, os modos de vida têm sido reconsiderados, as ciências e artes mostram novo vigor, descobertas e invenções são novas, percepções são novas. Como, então, seria possível que um poder tão vital como a religião – que é a garantia dos grandes avanços da humanidade, que é o próprio meio para se atingir vida eterna, a promotora de infinita excelência, a luz de ambos o mundos – como seria possível tal poder não ser renovado? Isso seria incompatível com a graça e a benevolência do Senhor.”

(S. dos Escritos de ‘Abdu’l-Bahá cit. 23).
‘Abdu’l-Bahá (1844-1921) Centro do Convênio de Bahá’u’lláh

“ A origem divina de todos os Profetas de Deus… tem o apoio firme e sem reservas de cada um que segue a religião bahá’í. É reconhecida claramente a unidade fundamental desses Mensageiros de Deus, afirmada a continuidade de Suas Revelações, admitida a autoridade divina, bem como o caráter correlativo de Seus Livros; é proclamada a uniformidade de Seus objetivos e propósitos, e acentuado o fato de ser inigualável Sua influência, enquanto se ensina e prevê a reconciliação final entre os ensinamentos de todos e os adeptos de todos. “Todos Eles” – segundo o testemunho de Bahá’u’lláh – ‘residem no mesmo tabernáculo, voam no mesmo céu, sentam-se no mesmo trono, pronunciam as mesmas palavras e proclamam a mesma Fé.’ “

(Chamado as Nações p.28)
Shoghi  Effendi   (1897- 1957) Guardião da Fé Bahá’í

Testemunhos

A Fé Bahá’í é, sem dúvida alguma, uma religião; a Fé Bahá’í é uma religião independente a par com o Islamismo, o Cristianismo e as outras religiões mundiais. A Fé Bahá’í não é uma seita derivada de alguma outra religião; é uma religião independente e tem a mesma posição que as demais religiões conhecidas.”

Arnold Toybee (1889-1975)  Historiador Britânico

“Passamos nossas vidas nos esforçando para desvendar os mistérios do universo e é um prisioneiro persa, Bahá’u’lláh, em ‘Akká, na Terra Santa, quem possui a chave… Os ensinamentos de Bahá’u’lláh nos apresentam agora a forma mais elevada e pura do ensinamento religioso.”

Leon Tolstoy (1828 – 1910) Escritor e Filósofo Russo

“…A Fé Bahá’í é um consolo para a humanidade.”

Mahatma Gandhi (1869 – 1948) Líder Indiano


WEB SITE NÃO OFICIAL

Arquivos